sexta-feira, 24 de maio de 2013

Abutres


Eu estava morto e cinco abutres me devoravam. Na verdade, os abutres já haviam acabado comigo e eu não passava de um esqueleto; o que os abutres faziam era discutir a forma de me tirarem daquele lugar, porque, visto do céu, de relance, eu parecia uma boa caça e muitos abutres haviam se ferido uns aos outros lutando para me alcançar.



Ainda que esqueleto, eu era muito pesado, eles não podiam me transportar para qualquer lugar que fosse. A solução foi jogarem terra para cima de mim com suas patas.

Sem comentários:

Enviar um comentário